Semana de Prevenção e Controle da Leishmaniose alerta sobre prevenção

De 7 a 11 de agosto acontece a Semana de Prevenção e Controle da Leishmaniose, instituída pela Lei Federal 12.604, de 3 de abril de 2012. A Secretaria de Saúde de Barueri, por meio da Vigilância em Saúde, alerta a população divulgando um guia rápido com informações úteis sobre a doença e suas formas de prevenção, conforme abaixo:

O QUE É A LEISHMANIOSE VISCERAL? 
É uma doença grave que, se não tratada, pode levar à morte. As principais vítimas são as crianças. Os cães também podem ser afetados.

COMO A DOENÇA É TRANSMITIDA? 
É transmitida pela fêmea do mosquito conhecido como birigui ou mosquito palha (Lutzomyia longipalpis), quando esta pica cães infectados e, posteriormente, pica o ser humano.

SINTOMAS NAS PESSOAS: 
Febre irregular de longa duração, falta de apetite, emagrecimento, fraqueza, barriga inchada.

SINTOMAS NOS CÃES: 
Apatia, lesões de pele, queda de pêlos (incialmente ao redor dos olhos e orelhas), emagrecimento, lacrimejamento (conjuntivite) e crescimento anormal das unhas.

FORMAS DE PREVENÇÃO:
Manter quintais livres de matéria orgânica (fezes de animais, folhas, frutos); Evitar criação de galinhas e porcos; Embalar e armazenar adequadamente o lixo.

Caso seu cão apresente os sintomas da doença, entre em contato com o Departamento Técnico de Controle de Zoonoses pelo telefone 4198-5679.

de Souza

de Souza

Leave a Replay